• Olá, Capitão!

    Antes de mais, bem-vindo a bordo. É um prazer servi-lo e garantir que o seu percurso pela Grécia Antiga é o mais agradável possível. Conheço estes mares melhor que ninguém, mas uma conta no fórum da comunidade é sempre bastante útil para navegar em segurança - registe-se já .

    Não ficou convencido? Verifique algumas das nossas secções:

    Anúncios Concursos Perguntas e Respostas Mundos abertos
    Ideias e Sugestões Off-topic

    Até breve!
  • Sabias que acompanhar o teu Navio Colonizador por muitas unidades navais pode torná-lo muito vulnerável?

    Pode parecer contraditório, mas acompanhar o teu Navio Colonizador com muitas unidades navais (excluindo todo o tipo de barcos de transporte) pode prejudicar o teu objetivo. O recomendável é acompanhar o teu Colonizador com, no máximo, unidades navais que somem até 169 população (geralmente 39 faróis ou 24 trirremes). Desta forma, o teu ataque leva algum poder ofensivo e não fica vulnerável ao encantamento "Tempestade do Mar", que poderia facilmente afundar o teu Colonizador mesmo antes da batalha se realizar caso este fosse acompanhado por números superiores de unidades de combate naval.

    DYK #A3

    Ver anteriores

Equipa do Grepolis Entrevista #4: fernando silvestre da TheBrotherhood (Zakynthos)

Mis.ster

Moderador de Fórum
Equipa do Grepolis
Boa tarde grepolianos,

Com o intuito de promover o bom relacionamento entre os membros do mundo Zakynthos, assim como dar a conhecer os desafios por de trás das alianças principais a toda a comunidade, a equipa de moderação tem o prazer de apresentar a entrevista realizada ao jogador @fernando silvestre , fundador da aliança TheBrotherhood.
Esperemos que gostem.





Olá fernando, como combinado vou-te fazer algumas perguntas relacionadas contigo e o grepolis, com especial enfoque no mundo Zakynthos. Queres começar por te apresentar?

Olá, eu sou o fernando e já ando nisto desde o gamma, muitos anos no vício e alguns mundos ganhos, muitas amizades feitas e muitos ódios criados, também faz parte.


Isso remonta a 2010! Quais são os momentos que mais te marcaram durante estes 10 anos de jogo?

Há vários momentos marcantes em quase 10 anos, passando por toda uma remodelação do jogo e todas as mudanças que ocorreram desde o inicio do mesmo. Como certos mundos que foram bastante interessantes, recordo em especial o Iota que foi o primeiro que ganhei, passando pelo gela que para mim foi o melhor mundo PT em maras, pelo menos dos que eu joguei, mundo super equilibrado e vitória surpresa no fim. Marca também as amizades criadas, apesar de ser um jogo online, acaba-se por criar amigos e conhecer boas pessoas.


As amizades são realmente a melhor coisa que consegues tirar de um jogo virtual, aliado às boas horas de convívio com os aliados. Dito isto foram os teus amigos de vários mundos que te levaram a entrar no Zakynthos? Quais eram as tuas expetativas inicias depois de decorrida a primeira semana e o número de alianças competitivas estar mais ou menos definido?

Sim foram, não tinha planos de entrar no mundo mas acabei por ser convencido a fazê-lo. E tentamos fazer uma ally com pessoal conhecido. Na primeira semana é sempre aquela que as duvidas estão todas no ar, muitas alianças, muitos jogadores, muitos velocistas que rapidamente acabam. É claro que já era bem visível uma ou outra aliança com capacidade para lutar até ao fim pela vitória do mundo, e claro que as expetativas eram/são a vitória do mundo. Mas passado a fase inicial rapidamente se destacaram 4 alianças: Here we go again, italianos, sine e bellaciao/goodfellas.


Muito bem, e como tem sido esta experiência de ser líder de uma aliança candidata a vencer durante mais um mundo? Muitos contratempos? Muitas discussões? Ou tem sido um ambiente calmo internamente?

Iniciei o projecto neste mundo com o bernardo, discussões existem sempre é normal. Para ser sincero houveram contratempos a mais, não diria bem contratempos mas sim desilusões por parte de diversos jogadores que não esperava terem tão pouca capacidade para resistir à pressão. Infelizmente digo com toda a sinceridade que da nossa equipa inicial poucos são os que ficaram e que valem a pena continuar a levar para outros mundos. Mas depois de finalmente arrumada a casa o ambiente encontra-se muito bom, o pessoal diverte-se a jogar e fora do jogo, e isso é que interessa.


Existem sempre várias pessoas que acabam por não corresponder à expetativa. E quanto ao vosso inimigo mais direto, os GoodBellas, achas que se estão a portar bem? Apesar da vantagem que eles têm, achas possível que a vitória caia ainda para o vosso lado?

Sim e a essas pessoas as portas fecham-se. Eles jogaram bem no inicio ao entrarem em duas alianças separadas, e a fazer PNA com todas as outras mais fortes, como os italiano e sine, podendo assim crescer à vontade contra alianças mais pequenas. A vantagem deles é evidente e têm o mundo nas mãos, mas é claro que acredito que ainda podemos ganhar, não seria a primeira vez que ganhava um mundo já "perdido". Isto é grepolis e tudo pode acontecer, todos sabem o que se tem passado em mundos recentes, como por exemplo trocas de lado de jogadores, por isso está tudo em aberto até ao fim, e pode ser que aconteça mais uma surpresa, é esperar para ver ;)


Este mundo tem sido muito polémico também pelo uso de contas de moral e vários tipos de movimentos diplomáticos. Qual a tua opinião sobre estes assuntos?

Movimentos diplomáticos cada um sabe de si, e tenta fazer o melhor para a sua aliança. É claro que existe uma enorme diferença entrar num mundo sem qualquer tipo de pacto, e entrar num mundo com pacto com todos e crescer sem complicações. Mas é como disse, é a estratégia de cada um. Quanto a contas de moral, é o grepolis de hoje em dia, é uma das configurações do mundo, quem não gosta, não entre neste tipo de mundos, sinceramente prefiro mundos sem moral, onde podemos atacar qualquer cerco, mas entretanto num com moral é claro que se usa esta estratégia. É jogar de uma forma inteligente, quer se goste ou não. O principal problema é quando essas contas de moral são multis, quando não o são, não vejo qualquer tipo de problema sinceramente.


Aprender a jogar com as cartas que nos são dadas. Fazes parte de uma alianças com vários jogadores italianos. Consideras isso uma vantagem por causa do conhecimento que a comunidade deles possui ou existem desvantagens como a diferença de língua? Ou são simplesmente jogadores normais como os restantes?

São jogadores novos, jogadores sem inimigos no nosso servidor, acho que até é bom, porque a nossa comunidade acaba por ser tudo conhecidos. Quase todos já jogamos com este ou aquele, e a vinda de jogadores de fora acaba por baralhar um bocado as coisas, ninguém lhes conhece os hábitos, ninguém os conhece para saber que tipo de jogo esperar ou não, e para além disso, são um grupo bastante unido. A língua não causa qualquer tipo de problema, até te digo que comunicamos em português, inglês, e italiano. Até dá para aprender umas coisinhas.


Tornam o jogo didático portanto :p Depois deste mundo tens planos para continuar? Ou pretendes fazer uma pequena pausa? Os mundos de maravilhas costumam ser muito cansativos!

Enquanto houver tempo e disponibilidade vai-se jogando, sempre é um escape do resto, e dá para passar tempo com o pessoal. Já estou a jogar à vários mundos seguidos e a pausa já está a tardar muito ahah. Vamos ver o que acontece, quando for altura certa largo isto um bocado, mas é certo que acabarei sempre por voltar, o vicio é muito.


Pequena curiosidade: Revolta ou Conquista? Porquê?

Conquista sempre. Não gosto de revolta, é um tipo de mundo que nunca jogo, não acho piada e sinceramente nem entendo bem. A minha praia sempre foi o cerco e é de cerco que eu gosto. Acho que torna o jogo mais apelativo ao espírito de grupo não sei.


Para terminar, queres deixar alguma palavrinha aos teus adversários ou a alguém em particular?

Aos inimigos não vale a pena dizer nada porque eles pouco percebem, e acredita que falo muito com alguns no jogo, mas pronto. Aproveito para agradecer ao pessoal que tem jogado isto comigo, são verdadeiros amigos :) . Deixo também uma palavra ao suporte, que com a entrada dos novos membros começou muito bem a limpar os mundos (oropos, thebes, etc). Espero voltar a ver esse empenho de novo, coisa que não tem acontecido. Era bom vir a ter uma comunidade ainda mais limpa e mais legal.


A equipa do Grepolis agradece imensamente o tempo investido na realização desta entrevista. Esperemos que esta iniciativa incentive o envolvimento de todos os jogadores no Fórum Externo, quer seja para dúvidas ou para expôr uma opinião.




Que tal a entrevista?
Têm sugestões de perguntas para próximas entrevistas? Quem gostavam de ver entrevistado?
Esperemos ter dado a conhecer à comunidade um pouco do jogador em questão e também uma perspetiva das guerras no Zakynthos, desta vez do ponto de vista de um dos fundadores da TheBrotherhood.

Queremos agradecer mais uma vez ao @fernando silvestre pela colaboração.
 
Última edição:

teroi

#1 Fa do Apollo
engracado que puseste os bella com os goodfellas no inicio do mundo quando nos nem jogavamos juntos...
 

Knightfire

-Karma-
Grande líder grande amigo grande jogador
Actualmente um dos melhor líderes e fundador do grepolis PT

Parabéns @fernando silvestre
É um privilégio partilhar aliança contigo e ser liderado por ti...


Proxima entrevista @perfil
 
Última edição:

perfil

Well-Known Member
Abrimos o perfil da ally dos bella no inicio e dizia não atacar goodfellas.
Isso não é jogar juntos epa mas vocês ainda nos tentam enganar, não se chateiem com isso.