• Olá, Capitão!

    Antes de mais, bem-vindo a bordo. É um prazer servi-lo e garantir que o seu percurso pela Grécia Antiga é o mais agradável possível. Conheço estes mares melhor que ninguém, mas uma conta no fórum da comunidade é sempre bastante útil para navegar em segurança - registe-se já .

    Não ficou convencido? Verifique algumas das nossas secções:

    Anúncios Concursos Perguntas e Respostas Mundos abertos
    Ideias e Sugestões Off-topic

    Até breve!

Poemas

Thánatos

Guest
Bom, isso depende da personalidade dela. Há pessoas que gostam dessas coisas, há outras que não. Se a conheceres bem, saberás se ela gostará do gesto, ou não. Todavia, acho que a parte do "(...) o amarelo do teu cabelo (...)", não ficou muito bem, pois ninguém tem o cabelo completamente amarelo e uma pessoa ao ler imagina logo isso, na minha opinião. Acho que se trocasses "amarelo", por "loiro", ficaria melhor (isto, supondo que ela é loira, pela descrição que fizeste).
vou seguir o teu conselho... so espero que isto resulte mesmo pois nao me ocorrem ideias melhores dadas as circunstancias ...as flores vao ser amarelas e brancas como os tons que a distinguem quando eu vou a janela...por incrivel que pareca a distancia que nos separa e tao curta que por vezes pode criar problemas,,,,se isto corre mal vai ser complicado ela depois sentir se a vontade se e que me estas a entender...e eu nao a quero prejudicar em nada..nao quero que seja como aqui no forum, chego aqui e digo o que tenho a dizer sem me preocupar com o que os outros pensao
 

Parasyte

Well-Known Member
vou seguir o teu conselho... so espero que isto resulte mesmo pois nao me ocorrem ideias melhores dadas as circunstancias ...as flores vao ser amarelas e brancas como os tons que a distinguem quando eu vou a janela...por incrivel que pareca a distancia que nos separa e tao curta que por vezes pode criar problemas,,,,se isto corre mal vai ser complicado ela depois sentir se a vontade se e que me estas a entender...e eu nao a quero prejudicar em nada..nao quero que seja como aqui no forum, chego aqui e digo o que tenho a dizer sem me preocupar com o que os outros pensao
Mas é assim que devias de ser. E isso tem uma palavra... Verdadeiro.
 

NeftisPP

Guest
vou seguir o teu conselho... so espero que isto resulte mesmo pois nao me ocorrem ideias melhores dadas as circunstancias ...as flores vao ser amarelas e brancas como os tons que a distinguem quando eu vou a janela...por incrivel que pareca a distancia que nos separa e tao curta que por vezes pode criar problemas,,,,se isto corre mal vai ser complicado ela depois sentir se a vontade se e que me estas a entender...e eu nao a quero prejudicar em nada..nao quero que seja como aqui no forum, chego aqui e digo o que tenho a dizer sem me preocupar com o que os outros pensao
É complicado, mas como já disse antes, se a conheceres bem, saberás se ela gostará. Todavia, as pessoas devem arriscar sempre. Se não arriscar, viverás nos "e se...". Assim, terás a certeza.
 

Thánatos

Guest
Tipo, isto quer dizer que está a mais. Tira-o do texto.
Porém, isto quer dizer que devias acrescentar isso.
Ou até isto, para dizer que devias alterar o que estava lá para o azul.
Esta frase está sublinhada porque não percebi o sentido..
Talvez falte ali um "se alguma vez evitar".. Não sei o que queres ali dizer.
mas se alguma evitar o que é belo e puro também o céu deixará de abrigar as estrelas..."

isto quer dizer que ela e tao bela e pura como as estrelas...se o ceu nao as pode evitar, como e que eu posso...sou um simples mortal...

por isso digo... o ceu ficar sem estrelas e impossivel... eu evitar ela tambem o e...

acho que tem logica

ps. tenho o teclado lixado
 

Parasyte

Well-Known Member
Odeio-te Pats.. Se tiver má nota amanhã na frequência é por tua culpa.. Meia hora que seria melhor empregue a estudar lol..


Cá está publicado, aqui e no meu blog de poesia.. Critiquem, quero sempre melhorar.



Nessa noite eu não pensava,
Em tudo o que acumulava,
Nessa noite apenas não dava,
Para pensar no que disseram...
Disseram que já chegava,
E por isso o fizeram.

Como duas peças diferentes
Quando não dá para encaixar.
Como correntes deficientes
Que dão bem para quebrar.
Like the kitchen floor
Depois de um tremor…

Qualquer meu sentimento
Se assemelha a tormento,
E é por isso que tento,
Nunca aprender esta lição…
Apesar de há muito tempo
Aprender da vossa mão.

O Pretérito.
Foi vosso.
O Futuro.

É meu.
 

Thánatos

Guest
gostei do verso 1 e 3...

nao sabia que escrevias tao bem... eu desenvolvi me mais na escrita quando estive la no sitio....escrevi muito como deves imaginar...infelizmente o minha cabeca nao consegue parar de pensar e eu tinha que arranjar um escape...

depois partilho tambem um pouco do que estava a sentir no momento....mas isto com tempo claro... sao coisas muito pessoais
 

NeftisPP

Guest
Odeio-te Pats.. Se tiver má nota amanhã na frequência é por tua culpa.. Meia hora que seria melhor empregue a estudar lol..


Cá está publicado, aqui e no meu blog de poesia.. Critiquem, quero sempre melhorar.



Nessa noite eu não pensava,
Em tudo o que acumulava,
Nessa noite apenas não dava,
Para pensar no que disseram...
Disseram que já chegava,
E por isso o fizeram.

Como duas peças diferentes
Quando não dá para encaixar.
Como correntes deficientes
Que dão bem para quebrar.
Like the kitchen floor
Depois de um tremor…

Qualquer meu sentimento
Se assemelha a tormento,
E é por isso que tento,
Nunca aprender esta lição…
Apesar de há muito tempo
Aprender da vossa mão.

O Pretérito.
Foi vosso.
O Futuro.

É meu.
A culpa não é minha. Não me culpes a mim, pelo facto de não quereres estudar. Então, correu bem? xD :D

E Daniel, o tempo que demoraste a escrever o poema, foi melhor empregue do que a estudar. Está fantástico e muito comovente. Amo, como todos os outros. Cada vez estás melhor. *.*

Já agora, que blog é esse?
 

Parasyte

Well-Known Member
É um blog imaginário...
Já pensei várias vezes em fazer, mas não quero que o mundo leia o que vem de cá de dentro, e comecem a julgar..
 

NeftisPP

Guest
É um blog imaginário...
Já pensei várias vezes em fazer, mas não quero que o mundo leia o que vem de cá de dentro, e comecem a julgar..
Daniel, porquê? Não tem mal nenhum em criares um blog. Apenas estás a expressar os teus sentimentos e os teus poemas são lindos. :):)