• Olá, Capitão!

    Antes de mais, bem-vindo a bordo. É um prazer servi-lo e garantir que o seu percurso pela Grécia Antiga é o mais agradável possível. Conheço estes mares melhor que ninguém, mas uma conta no fórum da comunidade é sempre bastante útil para navegar em segurança - registe-se já .

    Não ficou convencido? Verifique algumas das nossas secções:

    Anúncios Concursos Perguntas e Respostas Mundos abertos
    Ideias e Sugestões Off-topic

    Até breve!
  • Sabias que acompanhar o teu Navio Colonizador por muitas unidades navais pode torná-lo muito vulnerável?

    Pode parecer contraditório, mas acompanhar o teu Navio Colonizador com muitas unidades navais (excluindo todo o tipo de barcos de transporte) pode prejudicar o teu objetivo. O recomendável é acompanhar o teu Colonizador com, no máximo, unidades navais que somem até 169 população (geralmente 39 faróis ou 24 trirremes). Desta forma, o teu ataque leva algum poder ofensivo e não fica vulnerável ao encantamento "Tempestade do Mar", que poderia facilmente afundar o teu Colonizador mesmo antes da batalha se realizar caso este fosse acompanhado por números superiores de unidades de combate naval.

    DYK #A3

    Ver anteriores

Configurações

Estado
Não está aberto para novas respostas.

ribeiro.

Guest
Precisar não precisas. O objectivo é não destruirem o NC e para isso tens de ter uma grande defesa maritima. Se não entrarem os farois tambem não entram tropas terrestres e portanto à partida nao precisas.

No entanto se tiveres defesas terrestres e maritimas e eles destruirem-te as maritimas, só conseguirao destruir o NC se tambem destruirem as terrestres.
Se o jogador que está em cerco ou aliados dele, tiverem cidades na ilha da cidade que está em cerco, convém sempre mandar tropas terrestres. Porque se conseguirem destruir todas as tropas terrestres do cerco, o cerco termina. Aliás, podem mandar ataques só com Harpias ou Manticoras, mesmo não tendo cidades na mesma ilha, tu pensas que é ataque com barcos e metes poucas tropas no cerco e quando chega o ataque, adeus cerco. Até há jogadores que fazem cidades só com Harpias ou Manticoras. (Não devia dizer isto).

Por isso, convém ter sempre tanto tropas marítimas, como terrestres. Espero ter ajudado.
 

Aroo

Guest
mudei a minha idéia!

vou comçar... fazer um teste de volta ao grepolis!!!

num mundo mais rapido vai ser ainda mais emocionante!!!

agora é só decidir a ally para escolher a direção!
 

davalm

Member
se e modo de cerco sera de 12 horas apenas..........so e 24 horas quando e modo de revolta.............pois ai nao necessita de manter as tropas na cidade,basta destruir as que la estao
 

Vanyali

Guest
Se o jogador que está em cerco ou aliados dele, tiverem cidades na ilha da cidade que está em cerco, convém sempre mandar tropas terrestres. Porque se conseguirem destruir todas as tropas terrestres do cerco, o cerco termina. Aliás, podem mandar ataques só com Harpias ou Manticoras, mesmo não tendo cidades na mesma ilha, tu pensas que é ataque com barcos e metes poucas tropas no cerco e quando chega o ataque, adeus cerco. Até há jogadores que fazem cidades só com Harpias ou Manticoras. (Não devia dizer isto).

Por isso, convém ter sempre tanto tropas marítimas, como terrestres. Espero ter ajudado.
E também entra a única utilidade da pesquisa investida em mundos com cerco. É para homens que só colocam defesa marítima e pensam que estão safos.

P.S: Ataques aéreos aparece o simbolo de ataque terrestre logo se sabes que ele não tem aquela cidade na mesma ilha, sabes logo que vem unidades voadoras.
 

Parasyte

Well-Known Member
se e modo de cerco sera de 12 horas apenas..........so e 24 horas quando e modo de revolta.............pois ai nao necessita de manter as tropas na cidade,basta destruir as que la estao
Incorrecto.

99% certeza absoluta que no my o cerco tem a duração de 24h.

O beta foi o único server onde experimentaram 12h, mas quando meteram o beta avisaram logo disso e sublinharam-no intensivamente.
No My nada avisaram de fora do costume, pelo que deve ser 24h como noutros servers de cerco.
 
Estado
Não está aberto para novas respostas.